Rock: conheça a Death, uma das pioneiras do Punk nos anos 70

Death, uma banda de Detroit garimpada como umas pioneiras do punk rock.

Por Sandro Abecassis

Em 1971, os irmãos Bobby, David e Dannis Hackney formaram a banda Death, em Michigan, Detroit. A principio, o trio de músicos tocava funk, mas sob influência de Alice Cooper e da banda The Who, começaram a fazer rock.

Aliás, o som do “Death”, tem uma sonoridade bastante parecida com a pegada dos britânicos do The Who. Distorções, com distorções, riffs, bateria marcada e vocal potente em uma rock de três notas buscando nas origens do gênero, inclusive com a contagem do one, two, three, four, que virou marca registrada dos Ramones anos mais tarde.

A banda com certeza não sabia, mas ali estava provavelmente a origem do que viria a ser o Punk rock dos anos 70. Apesar de que Os Stooges, e MC5 também faziam um som semelhante já no final da década de 60. 

Em 1975, o presidente da Columbia Records, Clive Davis, financiou o primeiro e único álbum da banda, “For The Whole World To See (1975)”. No entanto, o empresário pediu para que a banda mudasse o nome para algo mais comercial, o que não foi aceito. 

Então, Clive desistiu de continuar a investir no “Death”. O trio acabou oficialmente em 1977, no auge do movimento Punk. 

Em 1982, lançaram a banda The 4th Movement, gravando dois álbuns de música gospel. David morreu de câncer de pulmão no ano 2000. O Death retornou para alguns shows em 2009, gravando e tocando sobras de gravações do primeiro disco dos anos 70

Então, confira aqui o som da banda “Death”: