Jurerê e Jurerê internacional existe diferença?

Compartilhe

Jurerê na língua dos Carijós significa “Boca de água pequena”.

“Queria poder te levar pra Jurerê, passar mais tempo com você, sumir lá pro Havaí, pra passar umas férias longe daqui”. Você já ouviu Michel Teló cantando Jurerê pelo mundo, tocando em todas as rádios do Brasil, e a sem dúvida, da fama deste lugar no Norte da Ilha de Florianópolis. Mas existe Jurerê e Jurerê internacional, e tem uma boa diferença entre os dois locais.

Vamos a história de Jurerê. O desenvolvimento começou nos anos 50 por empresários Gaúchos e Catarinenses, que viam na região um potencial imobiliário, começando onde é hoje a Praia de Jurerê, que até então era conhecida como praia do forte.

O nome para Jurerê mudou porque a empresa que comercializa este lotes se chamava Jurerê, então o bairro por conta disso mudou o nome para o que hoje a gente conhece ou você ainda vai conhecer. Na área criaram alamedas com acesso a praia, com padrões de construção feitos por Oscar Niemeyer.

Então a Praia de Jurerê e Jurerê Internacional é apenas uma, o que ocorre é que existe a parte antiga e a nova, conhecida como a Internacional. Mas os dois locais apesar de não existir uma divisão física, existe uma divisão de público, e conceito.

Mar calmo

Vamos lá, Jurerê é uma praia de mar calmo, com águas mornas, comida típica, já a Jurerê internacional é um local com resorts, shoppings, vida noturna, com bares e casas de shows, onde a moeda as vezes é até o dólar, contudo, por conta da pandemia do novo coronavírus várias atividades estão suspensas.

As duas praias estão ao norte da Ilha de Florianópolis. Uma no bairro nobre do Jurerê, praia com águas tranquilas e mornas. A segunda é um balneário tradicional na região, com moradores antigos e muita comida típica.

Jurerê Internacional é um empreendimento imobiliário com uma estrutura que une residencial e resorts.

Os lotes tem uma urbanização planejada com mercados, shoppings, restaurantes, vida noturna, beach clubs, e um dos metros quadrados mais caros de Florianópolis. A primeira é mais tranquila, com público mais família, a segunda é pra quem gosta de badalação.

A melhor época para visitar é de Dezembro até o mês de Março, época do verão. Nos outros meses existem eventos ligados a gastronomia, empreendedorismo. Por fim, a prefeitura de Florianópolis iniciou o planejamento de engordamento da praia igual ao que fez em Canasvieiras.

Fotos: Jurerê internacional.

Sandro Abecassis

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em marketing digital e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat