Voluntariado Catarinense é destaque nacional.

Compartilhe

Em todo o estado, milhares de pessoas escolhem dedicar uma parte do seu tempo para ajudar outras pessoas que precisam. Logo característica solidária de Santa Catarina foi fundamental para os excelentes resultados da Ação Amigos do Pátria Voluntária, realizada durante o mês de fevereiro em Florianópolis.

O projeto de incentivo ao voluntariado, liderado nacionalmente pela primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, e aqui no estado pela primeira-dama, Késia Martins da Silva, resultou em milhares de horas dedicadas a fazer o bem nas cinco instituições participantes, entre a Serte, Avoc Cepon, Hemosc, Aflodef e Grupo Dorcas da Adfloripa.

Portanto Santa Catarina foi o terceiro estado mais ativo dentre todos os que aderiram à ação. Além disso, o Grupo Dorcas ficou entre as cinco primeiras instituições do país em engajamento de voluntários. 

“O voluntariado faz parte da nossa história aqui em Santa Catarina. É muito bonito de ver, quem pode fica feliz em ajudar o próximo, em estender a mão. Esse reconhecimento nacional ajuda a incentivar que ainda mais pessoas se voluntariem a fazer o bem”, ressalta a primeira-dama do Estado, Késia Martins da Silva.

O evento de encerramento da Ação Amigos do Pátria Voluntária ocorrerá em Brasília, no dia 31 de março. Na ocasião, serão homenageados os estados e as instituições mais atuantes, além da entrega do Prêmio Pátria Voluntária – Edição 2020.

Dessa forma Santa Catarina também é destaque nesta premiação, que reconhece atividades de voluntariado de todo o país. Na categoria Voluntariado na Região Sul, o vencedor é o projeto Crescer e Semear, de Blumenau, liderado por Lidiane Barbosa.

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat