Social Good Brasil abre inscrições para 11ª edição do Festival SGB

Compartilhe

O evento será híbrido e gratuito, com programação 100% online de 1 a 3 de novembro e atividades presenciais em Florianópolis nos dias 4 e 5

Com o mote “Seu passaporte para a próxima década”, o Social Good Brasil realiza a 11ª edição do Festival SGB, evento que também celebra os 10 anos da organização. O evento convida o público a viver a experiência de construir a sua própria jornada de impacto, arte e educação em dados. Com atividades presenciais pela primeira vez após a pandemia, também promove conexões e encontros: o Festival ocorre de 1º a 5 de novembro de 2022, com 48 horas de conteúdos, entre painéis e oficinas, além de momentos de conexão e arte.

Nos dias 1º, 2 e 3, será 100% online, na plataforma SGB. Já nos dias 4 e 5, haverá atividades presenciais em Florianópolis, no SESC Cacupé. As inscrições são gratuitas e estão abertas pelo site sgb.org.br/festival.  

Neste ano, o Festival SGB terá diversos conteúdos abordando grandes temáticas, como tecnologia e dados; inovação e impacto; arte e educação; e pluralidade e legado. Os temas servirão como uma bússola, guiando os participantes e ajudando-os a escolherem em quais atividades desejam participar. A ideia é que as pessoas possam construir a sua própria jornada de aprendizado e registrar tudo em um passaporte: o passaporte para os próximos 10 anos. 

Silvia Luz – foto Carlos Kobarg

“O Social Good Brasil celebra 10 anos. Fomos, somos e vamos continuar sendo um espaço de inovação, cultura e de criação do futuro que queremos. Fomos pioneiros na busca em criar uma bússola para que todas as pessoas no Brasil possam navegar nesse crescente mar de dados. E vamos continuar trabalhando para isso. Somos hoje uma instituição comprometida com a democratização da educação em dados”, diz a diretora executiva Silvia Luz. 

No dia 3 de novembro, já estão confirmadas oficinas gratuitas online que estão com inscrições abertas pelo site. Entre os temas que serão abordados estão Aprendizagem dinâmica e autodirigida (com Eduardo Valladares), O Desafio do uso de Dados, Tecnologias e Novas Estratégias na Gestão Pública (com Leandro Devegilli, da Data Science Brigade) e Visual Law, Legal Design e LGPD com Mariana Moreno, da BITS Academy, e Roberta Gomes, advogada especialista em LGPD. As vagas são limitadas.

O evento é para diversos públicos, como estudantes e acadêmicos, educadores, professores e mentores; profissionais em empresas privadas; ONGs e empreendedores sociais; gestores públicos; cientistas de dados e futuristas. Também é para pessoas inquietas e curiosas, que gostam de se inspirar ou aprender, e qualquer pessoa que queira viver uma experiência de conexão e impacto social e se preparar para os próximos 10 anos.

Nesse ano, o Festival SGB terá interpretação simultânea de Libras, além de tradução dos painéis com convidados internacionais. 

Apoios e Parcerias

O Festival SGB é um evento produzido pelo Social Good Brasil, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, realizado pela Secretaria Especial da Cultura e o Ministério da Cidadania, com apoio dos Parceiros Masters Fundação Telefônica Vivo e Engie Brasil.

Festival SGB

Quando: 1º a 5 de novembro de 2022

Quanto: gratuito

Evento híbrido: 100% online de 1º a 3 e com atividades presenciais nos dias 4 e 5

http://www.sgb.org.br/festival

Sobre o Social Good Brasil

Uma ONG brasileira que atua junto à sociedade civil, criada em 2012 a partir de uma parceria com a Fundação das Nações Unidas, que lidera o +Social Good no mundo. O Social Good Brasil (SGB) sempre buscou ser pioneiro ao trazer para o país tendências mundiais, como tech and data for good – o uso de tecnologia e dados para gerar impacto social. 

Em 2020, o Social Good Brasil recebeu o Prêmio Melhores ONGs, que anunciou as 100 organizações brasileiras admiradas do Terceiro Setor. Além disso,  a organização busca contribuir com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), criados pela Organização das Nações Unidas (ONU). Em 2021, foi vencedora do Prêmio ODS SC, que reconhece ações catalisadoras dos ODS no Estado de Santa Catarina, com um projeto de inteligência de dados no combate à Covid-19. Em 2022, o SGB celebra 10 anos. A organização enxerga os dados como um oceano vivo, cheio de mistérios para explorar, mas com o qual temos uma responsabilidade enorme de cuidar e foi pioneira ao criar uma bússola para guiar pessoas, organizações e governos para uma jornada de educação em dados. Com conteúdos e experiências gratuitas como o Festival SGB. Festival SGB 365 e a websérie Habilidados. A rota de navegação também conta com uma Autoavaliação inédita no Brasil, criada para medir o nível de fluência em dados.

Por fim, o SGB oferece jornadas de aprendizagem para pessoas que queiram aprender sobre dados e organizações que desejam criar soluções de dados personalizadas: o Cidadãos de Dados e o Laboratório de Dados. E segue construindo um ecossistema, unido pelo mesmo propósito: um Brasil mais fluente em dados, que vai ajudar a traçar um mapa para agir de acordo com tudo aquilo que fomos, somos e queremos ser no futuro.

WhatsApp chat