Setembro Amarelo destaca a importância de se falar sobre saúde mental

Compartilhe

booking

A campanha traz o tema “É preciso agir” e defende que falar sobre suicídio é o melhor caminho para salvar vidas

Setembro é o mês mundial de prevenção ao suicídio. No Brasil, a campanha Setembro Amarelo ocorre desde 2015 com o intuito de trazer à tona a discussão sobre o suicídio. O objetivo é acima de tudo diminuir o estigma que pesa sobre o tema e que, muitas vezes, dificulta a busca por ajuda profissional.

Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), mais de 90% dos casos de suicídio estão associados a um transtorno psiquiátrico como depressão, transtorno bipolar e abuso de substâncias. A melhor forma de prevenção é o tratamento dessas condições e a conscientização das pessoas.

Pesidente da Associação Catarinense de Psiquiatra (ACP), Drª Deisy Mendes Porto

Para a presidente da Associação Catarinense de Psiquiatra (ACP), Drª Deisy Mendes Porto, falar sobre suicídio é uma forma de alertar as pessoas quanto a importância de cuidar da saúde mental, além de ser um caminho para salvar vidas. “O estigma em relação à divulgação do tema dificulta que as pessoas busquem ajuda. Os comportamentos suicidas, quando identificados por familiares, amigos ou profissionais de saúde, e devidamente abordados, podem evitar este desfecho. Portanto, é preciso falar sobre suicídio para, então, mobilizarmos as pessoas para uma campanha preventiva “de incentivo a vida”, que por meio de medidas socioeducativos e divulgação na mídia pretende alertar a sociedade a fim de evitar mortes prematuras.”, diz a psiquiatra.

Com o slogan “É preciso agir”, psiquiatras associados à ACP vão participar de uma série de ações de conscientização sobre suicídio e saúde mental. Sendo assim, siga a programação via instagram, @acpsiquiatria.

Sobre a ACP

Por fim, a ACP é uma entidade científica sem fins lucrativos dos psiquiatras do Estado de Santa Catarina. Filiada à Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), a ACP teve sua fundação em 1965. Desde então, dirige suas ações para o aprimoramento científico e técnico de seus associados, para o desenvolvimento da área médica da Psiquiatria, divulgando e esclarecendo a comunidade leiga sobre temas ligados à Saúde Mental.

WhatsApp chat