Os atrativos da Serra no verão.

Compartilhe

As Serras Catarinenses também são atrativas no verão, Lages, Urubici, Urupema, São Joaquim e Bom Jardim da Serra são alguns dos municípios Catarinenses conhecidos pelo Brasil pelas temperaturas abaixo de zero e agora cada vez mais pelo crescente turismo rural.

As cores mais vivas do verão atraem turistas, os pássaros, as cores da floresta, cachoeiras, a visão privilegiada dos mirantes, trilhas e cânnions e as temperaturas mais amenas são uma boa pedida para quem quer fugir do agito da praias.

Vamos a algumas dicas

  • Rota dos Cânions – O Parque Nacional dos Aparados da Serra é uma área de conservação ecológica de Santa Catarina, agências de turismo oferecem passeios nos Cânnions de Laranjeiras, Funil e Ronda em vários tipos de transportes, como bicicleta, quadriciclo, veículos 4×4 e cavalo. São subidas que vão de 2 a 7 quilômetros, onde é possível ter uma excelente observação do morro da igreja e do litoral.
Serra do rio do Rastro – Foto Flat out
  • Esportes de aventura – Rios, cascatas, montanhas e trilhas, o Planalto Catarinense é ideal para quem quer explorar e experimentar este tipo de aventura, começando pela subida da Serra do Rio do Rastro. São mais de 50 quedas d’água em Rio rufino, onde é possível praticar, através de agências credenciadas, canoagem, rafting e rapel, em Urubici por exemplo esta atividade só é praticada no verão, bem como a pratica de voos livres, montanhismo, arvorismo, paraquedismo e parapente, então aproveite. A Caverna dos Bugres é um lugar quase que obrigatório para visitação. São Joaquim também é um município recomendado para a pratica de esportes radicais principalmente arvorismo e montanhismo.
Treking em Urubici – Foto Casa das Aventuras.
  • Observação dos pássaros – O Chamado Birwatching – Observação dos pássaros – é uma atividade ideal para fotógrafos amadores ou profissionais que curtem observar algumas espécies da Mata Atlântica e das florestas de araucária, como caboclinho-de-barriga-preta e o de barriga-vermelha, o tacapulo-ferreirinho e o sabiá-ferreirinho, natural da Amazônia, que vêm à Serra Catarinense para se reproduzir nos meses mais quentes, observou, o sabiá vem da Amazônia, então você não pode perder essa e nem decepcioná-lo.

  • Gastronomia da serra – Vai bater a fome, carnes e massas tão apreciadas são ideais para repor as energias, mas  o verão também proporciona provar as uvas e vinhos dos vinhedos, as maçãs de São Joaquim e o Kiwi de Campo Belo do Sul. Algo bem comum que tem sido feito é a rota rural do turismo, onde o visitante participa das colheitas ganhando compotas de doces.

    Anote lugares de visitação quase obrigatória e divirta-se: Serra do Corvo Branco, a Cascata do Avencal, o Morro do Campestre, a Pedra Furada e o Morro da Igreja.

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat