Renovada a cessão do Parque Córrego grande em Floripa.

Compartilhe

Nesta segunda-feira (22), o Parque Ecológico Municipal Professor João Davi Ferreira Lima recebeu autoridades e chefes de estado, que juntos, firmaram a renovação da cessão desse espaço ambiental para o município.

Dessa forma, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) está renovando a cessão do Parque do Córrego para a Prefeitura de Florianópolis por mais cinco anos, e em breve, fará a transferência definitiva.

O Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, assumiu um compromisso, com o aval da Presidência, e anunciou que o Parque Ecológico será definitivamente transferido para o município. “É um resultado de uma grande parceria. Nós vamos tomar as medidas jurídicas para que imediatamente não seja mais necessária a renovação da sessão.  É inconcebível a hipótese de venda”, disse.

O próximo passo agora é do Governo Federal, por meio do Ministério do Meio Ambiente, que deve elaborar e encaminhar um Projeto de Lei para que essa cessão definitiva da área ocorra, Gean Loureiro também marcou presença no evento. “Foi uma vitória da comunidade que se uniu em prol do meio ambiente. O Parque do Córrego Grande é de Florianópolis. A nossa cidade precisa dele”, comentou Loureiro. 

Mobilização da comunidade.

A decisão vem após uma movimentação por parte da comunidade e da Prefeitura, que compartilharam um abaixo assinado que pedia a renovação da cessão do Parque para Florianópolis e a transferência definitiva da área para a cidade. A petição #oparqueénosso reuniu mais de 54 mil assinaturas, com a finalidade de sensibilização das autoridades.

Vice-prefeito de Florianópolis, João Batista Nunes, acompanhou de perto essa luta da comunidade pela renovação da cessão do parque, suspensa desde março do ano passado. “Foi uma grata notícia. Isso vai dar segurança jurídica e política para mais investimentos no Parque, para que a gente possa continuar incentivando ainda mais essas importantes diretrizes e atividades que já são realizadas. O Parque é nosso!”, comemora.

Superintendente da Floram, Rafael Poletto comemorou a notícia: “É importante destacar a importância deste momento. A transferência definitiva para o Município é o resultado de muito esforço por parte da população e do poder púbico municipal”.

O Parque

Com cerca de 21 hectares, o Parque do Córrego abriga, além de uma extensa vegetação, lagos e trilhas pra toda a família. Ponto de visitação para contemplar a natureza e uma opção de lazer e atividades físicas, o Parque também é a casa de atividades de educação ambiental, promovidas pelo Departamento de Educação Ambiental da FLORAM

Um desses projetos é o Família Casca. Ele é um serviço de entrega voluntaria de resíduos orgânicos domésticos, que são encaminhados para um pátio de compostagem. Assim, esses resíduos são tratados e então transformados em composto orgânico, que é por fim cedido às famílias. Hoje, por exemplo, são cerca de 300 famílias cadastradas.

Entre as principais árvores, destaque para o Garapuvu, o Ipê Amarelo e as Palmeiras Jussara. Já os animais mais vistos são as Saracuras, lagartos, canários, patos e o Jacaré de Papo Amarelo. O acesso inclusive é gratuito, das 7h  às 18h, e a entrada fica na João Pio Duarte Silva, no Córrego Grande. Atualmente, por conta da pandemia do novo coronavírus, o Parque do Córrego está fechado para visitação.

WhatsApp chat