Programa Salto abre inscrições para MEIs

Compartilhe

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria Executiva do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, acaba de lançar a segunda edição do Programa Salto: Aceleradora de MEIs. A iniciativa tem a finalidade de proporcionar capacitação gratuita para empreendedores.

O programa é operado pela Impact Hub, cujo o programa tem 11 semanas, com encontros semanais, onde os microempreendedores vão receber mentoria de profissionais e facilitadores, através de oficinas.

Em primeiro lugar a inscrição é feita pelo Site, até dia 25 de março e após a inscrição é necessário comparecer pessoalmente no dia do lançamento do programa em Florianópolis. O evento acontecerá no dia 25 de março, às 19h no auditório da Acate Downtown, localizado na Rua R. Felipe Schmidt, 835 – Centro.

“Floripa mais uma vez sai na frente ao confirmar que investirá no desenvolvimento de seus microempreendedores em mais este ano. Com esta iniciativa queremos fortalecer os microempreendimentos, que são as portas de entrada para o ecossistema empreendedor, além de fomentar o desenvolvimento econômico por meio da geração de emprego e renda”, De acordo com o Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

Sobre o edital

O edital detalhado também está disponível no Site do programa. Serão liberadas 80 vagas e os principais requisitos para o MEI participar são: morar em Florianópolis ou São José; ser microempreendedor formalizado ou em processo de formalização; ter disponibilidade para participar dos encontros semanais; que o MEI seja a principal fonte de renda do profissional.

O programa visa o crescimento do MEI em médio prazo, proporcionando aumento de clientes, renda, geração empregos e, consequentemente, aquecimento da economia em Santa Catarina.

“O Salto não acrescentou somente em meu negócio, mas em meu particular. Me desprendeu de algumas convicções equivocadas que tinha sobre empreender, me ajudou e enxergar melhor o meu negócio e o meu potencial como empreendedora”, Conforme afirma Roberta de Souza, participante do Salto em Floripa.

Sobre o programa

A Metodologia do Salto combina elementos das incubadoras e aceleradoras de negócios, com foco no uso das novas mídias e no desenvolvimento profissional ou pessoal.

A técnica é adaptada ao microempreendedor individual, buscando assim acelerar o seu crescimento de forma sustentável. Dessa forma São três etapas de aceleração – ou “saltos”, foco no autodesenvolvimento, foco no negócio, além de foco no crescimento.

Enfim, em 2019, o programa desenvolveu 105 MEIs apenas na capital, gerando 589 participantes em oito cidades Catarinenses.

Programa Salto beneficia microempreendedores em SC.

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat