Prefeitura de Florianópolis lança programa Alô Saúde.

Compartilhe

Programa alô saúde

A Prefeitura de Florianópolis lança segunda-feira, 16 de março, um programa para atendimento pré-clínico via telefone e aplicativos, gratuitamente, 24h, com a finalidade do usuário tirar dúvidas sobre saúde, marcar consultas sem precisar se deslocar até uma unidade de saúde.
No nível 1, o usuário se identifica, fala com um técnico de enfermagem, dessa forma surgindo alguma queixa o técnico passa para o próximo nível.
No nível 2, um enfermeiro vai atender o paciente e utilizar um protocolo internacional. Por exemplo: dor de garganta, febre, tosse, a enfermeira vai fazer avaliar a gravidade, se o paciente viajou para algum país com epidemia do Coronavírus, ou se teve contato com alguém que viajou. O programa tem o propósito de evitar ir até uma unidade de saúde.
Prefeitura lança programa Alô Saúde.
Unidades básicas de saúde
“Identificar um caso suspeito de Coronavírus sem que o paciente vá até uma unidade de saúde é o melhor dos cenários. Afinal, evita-se que o vírus se espalhe em uma unidade com pessoas imunes aguardando atendimento”, explica Carlos Alberto Justo da Silva, secretário de Saúde de Florianópolis.
O protocolo foi importado do Reino unido para Florianópolis, onde pede para que pacientes com gripe não se desloquem para unidades de saúde, portanto liguem para o sistema de atendimento pré-clínico. Assim, logo que for se identificado um caso suspeito, o profissional do “Alô, Saúde” vai comunicar a vigilância epidemiológica que fará o procedimento padrão.

Marcação de consultas

Além disto a Central do Alô, Saúde”, poderá marcar a consultas mais urgentes, a Prefeitura também equipou todas as 151 equipes da saúde da família, compostas por médicos, enfermeiros, e outros profissionais da saúde. Dessa forma todos os pacientes terão o contato da sua equipe de saúde para marcar diretamente a consulta e tirar dúvidas via aplicativo. 

Implantação por etapas

O programa “Alô, Saúde” começou a ser construído em 2017, com a melhoria da estrutura física das unidades de saúde de Florianópolis. Depois, foram as mudanças de fluxos nos Centros de Saúde. Em 2019, começou a implantação do novo prontuário eletrônico, uma vez que permite ter o histórico do paciente em qualquer local de atendimento. 
No primeiro momento, no dia 16 de março, 57% dos Centros de Saúde vão agendar via telefone/whatsapp, seguindo um cronograma ao longo dos próximos meses. Isso não impede que qualquer cidadão de Florianópolis possa ligar na central e logo tirar dúvidas, como um caso suspeito de Coronavírus. “A parte do agendamento de consulta é só um dos serviços oferecidos pelo programa. Neste caso, está sendo implantado em etapas”, explica o secretário de Saúde, Carlos Justo.
Contudo, continue mantendo hábitos básicos de higiene para prevenir o vírus.
Centrais de atendimento 0800-333-3233 
Aplicativo Alô saúde para IOS e Android

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat