Portaria estabelece novas normas para templos religiosos em SC.

Compartilhe

O Governo do Estado atualizou nesta quarta-feira, 23, a portaria que estabelece regramentos para o funcionamento de templos religiosos. A portaria 736 autoriza a lotação máxima nos templos religiosos ou igrejas, de acordo com a Avaliação de Risco Potencial de cada região.

>>> Portaria na íntegra aqui 

Nas regiões de Risco Gravíssimo (cor vermelha) a lotação máxima é de 30% da capacidade, nas de Risco Grave (laranja) a lotação máxima pode chegar a 50%, nas de Risco Alto (amarela) a lotação pode ser de até 70% e nas de Risco Moderado (cor azul) a lotação máxima será aquela que garanta o distanciamento social mínimo de 1,5 m.

A portaria respeita as indicações do Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) e entra em vigor a partir de sua publicação.

O Governo de Santa Catarina no dia 15 deste mês publicou outra portaria 705, estabelecendo critérios para o retorno gradual e monitorado de atividades aquáticas em parques e complexos de águas termais. A volta deve obedecer a Avaliação do Risco Potencial para Covid-19 nas regiões de Saúde. De acordo com a portaria, por exemplo, a região que apresentar Risco Gravíssimo, cor vermelha, fica proibida de ter o funcionamento.

Por fim, segundo o site Covidometro, administrado pela Prefeitura de Florianópolis, o alerta ainda para a contaminação do COVID-19 ainda continua de alto risco.

Luke nelson

Jornalista, redator e editor esportivo

WhatsApp chat