Pequenos negócios geram empregos.

Compartilhe
O resultado está pautado sobre o fator de que empresas menores – apesar de afetadas com a crise – tem mais controle sobre fluxo de caixa, gestão de pessoas, marketing, inovação.
Outro aspecto, a burocracia para se negociar com empresas de grande e médio porte é maior, muitas vezes passando por centrais em outros Estados ou até mesmo países, já em uma MPE a negociação a maioria das vezes é feita direta com o proprietário.
O Principal desafio é sem dúvida cuidar das finanças e inovar, para isso Startups cada vez mais surgem no mercado, seja para auxiliar marketing, vendas, economia ou inovar, principalmente na internet.
Nos últimos anos houve um salto na utilização da internet como ferramenta, para empreendedores e consumidores, aplicativos facilitam a vida, eliminam etapas, a saída da frente do desktop para a palma da mão foi e esta sendo um avanço que ao mesmo tempo aproxima o cliente como afasta, caso empresas estejam na contramão da tecnologia.
Mesmo assim o número de desemprego ainda continua grande, aproximadamente 13 milhões de pessoas, esperamos que a burocracia para novos e antigos empreendedores diminua e cada vez surjam Micro pequenas empresas.

 

Luke nelson

Jornalista, redator e editor esportivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat