Parque Ecológico do Córrego Grande ganha caixas de abelhas sem ferrão

Compartilhe

Estações ajudam na polinização do ambiente e preservam espécies nativas de abelhas

Na última quarta-feira (16), foram instaladas 3 estações polinizadoras de abelhas sem ferrão no Parque Ecológico do Córrego Grande, ao lado da sede do Departamento de Educação Ambiental da Floram.

Essa iniciativa é realizada através de uma parceria entre Fundação Municipal do Meio Ambiente (Floram) e a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

A ação compõe o projeto Jardim de Mel, instalado no Parque Ecológico do Córrego em 2018, na parceria com o curso de Biologia da UFSC.

A finalidade é orientar e educar as pessoas que circulam pelo Parque sobre a importância dessas abelhas sem ferrão para a polinização natural e biodiversidade da região.

Foram instaladas três caixas, de 3 espécies diferentes: Mandaçaia, Jataí e Mirim Elas estão localizadas em uma área adequada, com iluminação e próxima de árvores e flores para facilitar o processo de polinização. As caixas são tampadas, com um furo na lateral para ocorrer a saída e entrada das abelhas, e lá dentro elas depositam o mel e assim se reproduzem.

Rodrigo Cunha, Chefe da Divisão de Estudos Apícolas celebrou a parceria entre Epagri e Floram. “A Mandaçaia, a Jataí e a Mirim são três espécies bem representativas na Meliponicultura. Acima de tudo, são abelhas bem conhecidas, resistentes e ótimas para implantação em unidades de Educação Ambiental, diz.

As caixas foram entregues pela Epagri, que também posta no seu canal no Youtube vídeos explicando o manejo das colônias. O material você encontra aqui:

 

Educação Ambiental

O tema educação ambiental faz parte das vídeo aulas e palestras, bem como para visitas ao parque feitas por escolas. “É essencial que as pessoas entendam que essas abelhas são nativas, sem ferrão e tem uma importância ecológica enorme”. Conforme explica Henrique dos Reis, geógrafo e educador ambiental do Depea.

O Depea fica dentro do Parque do Córrego, na Rua João Pio Duarte Silva, 155, no Córrego Grande. O telefone é o (48) 3338-0021 , e o email para contato é o floramea@pmf.sc.gov.br.

Sendo assim, o Parque Ecológico do Córrego Grande segue aberto para visitação, das 7h às 18h, com uso de máscara obrigatório para todos.

Por fim, devido a pandemia, não é possível realizar no local eventos e aglomerações.

WhatsApp chat