Mural Cisne negro é inaugurado.

Compartilhe
Foto: Fundação Catarinense de cultura

O Mural Cisne negro de 900 metros quadrados em homenagem ao poeta Cruz e Souza, foi inaugurado nesta quinta-feira (11). Na ocasião, o ator João Batista Costa leu poemas do escritor que foi um dos precursores do simbolismo Catarinense.

A obra iniciada em junho pelo artista Rodrigo Rizo está no paredão do edifício João Moritz, ao lado do jardim do museu e nas últimas semanas foi um atrativo para turistas, moradores e trabalhadores do centro que sempre que tinham uma oportunidade faziam uma “selfie” com o ilustre mural.

O trabalho faz parte do projeto do site e aplicativo Street Art Tour que conecta o usuário a outras vertentes da arte Catarinense, como exposições, debates, oficinas e os murais que já passam de 100 na cidade de Florianópolis.

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat