Confira programação do cine infantil do CIC.

Compartilhe

A mostra de cinema infantil do Centro Integrado de Cultura (CIC), divulgou a programação de cinema que acontece aos sábados, às 16h, com entrada gratuita, na sala de cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC). As sessões vão ocorrer a partir do dia 12 de outubro, com curta metragens nacionais e longas. confira.

Dia 12: Sessão Longa-Metragem Internacional
O homem das cavernas (de Nick Park, animação, Reino Unido, EUA, França, 2018, 90 min)

Classificação: livre

No tempo em que dinossauros e mamutes ainda corriam livremente pela Terra, Doug, um corajoso homem das cavernas, une sua tribo contra um inimigo poderoso da Idade do Bronze, que os expulsa do perfeito Vale em que vivem. Buscando vencê-lo para recuperar o lar, ele propõe uma ousada batalha entre quatro linhas: um inédito jogo de futebol.

Dia 19: Sessão de Curtas-Metragens nacionais
(58min)
Classificação: livre

Mytikah: o livro dos heróis – Ep. 09 Clara Camarão (de Hygor Amorim e Jonas Brandão, SP, animação, 2019, 7 min)
Manga está muito brava porque os meninos da escola não a deixam jogar bola. Mytikah aparece e leva os irmãos para conhecer a pequena índia Clara Camarão. Clara gosta de explorar a floresta e os defende dos perigos. Mais velha, Clara não se conforma em não poder lutar com os homens e as crianças a ajudam a montar seu próprio exército de mulheres.

Cores e Botas (de Juliana Vicente, ficção, SP, 2010, 15min)
Um sonho comum às meninas no final dos anos de 1980: ser Paquita. Mas essa possibilidade, ainda que remota para todas as meninas, era extinta para Joana, uma menina negra.

Imagine uma Menina com Cabelos de Brasil (de Alexandre Bersot, ficção, Brasil, 2010, 10min)
O cabelo, a fronteira final. Entre caretas e escovas, as viagens de uma menina em busca de aceitação.

Dono de casa (de Anderson Lima, MG, ficção, 2018, 8min)
Um menino pede para brincar com as meninas. No início ele é dono de uma oficina, mas sem carros para consertar, ele precisa encontrar outro papel na brincadeira.

A fábula da corrupção (de Lisandro Santos, animação, RS, 2010, 8min)
Em um armazém de beira de estrada, um homem vive em paz com seus animais de estimação.: o cão vigia a casa, o gato caça os ratos e o jumento é o meio de transporte. No porão da casa moram vários ratos que roubam comida em quantidades tão pequenas que não prejudicam o negócio, mas a chegada de um rato estranho acaba com a harmonia do mercadinho.

Minha rainha (de Cecília Amado, ficção, Rio de Janeiro, 2008, 11min)
É noite de carnaval no Rio de Janeiro, as escolas de samba mirins se preparam para entrar na Avenida. A pequena Joseane vê seu sonho de ser porta-bandeira vir abaixo ao descobrir que ninguém encontra o seu estandarte. Sozinha no seu mundo, Joseane repassa mentalmente toda a expectativa criada entorno deste momento. Mergulhamos no seu universo particular para descobrir como uma criança pode perceber as imagens, os sons, o tempo.

*Informações assessoria do CIC.

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat