Cidades Invisíveis promove 2ª edição do projeto Galeria de Arte do Morro da Mariquinha

Compartilhe

Evento em parceria com o Street Art Tour contou com mutirão de limpeza da comunidade, oficinas de arte, pinturas de murais e Rolê da Mariquinha

Créditos: Rafael Cunha Fotografia

A segunda etapa do projeto Galeria de Arte – Morro da Mariquinha, realizado pelo Cidades Invisíveis, que ocorreu no fim de semana, foi mais um sucesso. Na sexta-feira, teve a Ação Limpeza feita em parceria com o movimento Route Comunidade. Na ocasião, foram coletados exatos 6766 resíduos, em uma hora, por 14 voluntários. O material foi destinado a um morador da própria comunidade que trabalha com recicláveis, e teve ainda Oficina de Fanzine com o artista Leo Furtado.

O sábado contou com a pintura de murais por 30 artistas de diversas regiões do Brasil, além da Oficina de Customização, com o artista Guilherme NERD. No domingo, teve o Rolê da Mariquinha, um passeio dentro da comunidade, realizado pelo líder comunitário Alex Correia, que apresentou as obras de arte pintadas nos muros e paredões do bairro, para os visitantes. Por fim, ocorreu uma grande celebração regada a música e alegria. 

Projeto Galeria de Arte.

O projeto Galeria de Arte – Morro da Mariquinha quer transformar a comunidade na maior galeria de arte urbana do estado e colocá-la entre as quatro principais do Brasil. Nesta edição, aconteceu a criação de novas artes nos muros do bairro, aumentando o número de pinturas e nomes da Galeria. Os artistas convidados foram: B.Boy, Beer, Credo, CRL, Cabral, Cacé, Camile, Diant, Emily, Fuego, Jefsu, Kais, Kio. Assim como, Lelin, Léo Furtado, Lamar, Lemmas, Mousse, Nerd, NoiaBing, Olivia, Patê, Pasmo, Pegat, Prosa, Qni, Stron, Santo, Shar e VLR. 

Para o idealizador do Cidades Invisíveis, Samuel Santos, a segunda edição da Galeria de Arte – Morro da Mariquinha transbordou emoção, amor, arte e sustentabilidade social. “Vibra os corações ver a dedicação e entrega dos artistas levando cor e esperança para os muros e casas da comunidade, e nessa edição, tivemos a participação da galera do projeto Route, que retiraram centenas de quilos de lixo espalhados pela Mariquinha. Foi incrível ver tudo acontecer. Das oficinas de customização ao Rolê da Mariquinha”, conforme relata emocionado.

De acordo com a coordenadora do Movimento Route Comunidade, Mara Jane Saccon, a ação Limpa Comunidade, realizada a convite do Cidades Invisíveis, foi muito importante. “Após realizarmos a limpeza foi feita a triagem dos resíduos e coletados dados de pesquisa para entender melhor o consumo daquele local e também proporcionar uma melhor conscientização a respeito do nosso consumo e descarte de resíduos, e assim buscar soluções para um mundo melhor”, relata. 

Trabalho em grupo.

A iniciativa é realizada em parceria com o artista Rodrigo Rizo e com produção do projeto Street Art Tour, movimento de valorização, produção e difusão da arte urbana em Florianópolis, para  reforçar a importância e a relevância da linguagem artística como expressão cultural e identitária, por meio de um trabalho conjunto entre artistas, poder público e iniciativa privada. Para Rodrigo Rizo, a segunda edição repetiu o sucesso da primeira, porém, foi maior em número de artistas e de área pintada, além disso tiveram muitos momentos especiais e inspiradores, que esse tipo de vivência proporciona para todos os artistas. “Reunimos um grupo de 30 artistas bastante diversos em termos de estilo e proposta para compor murais coletivos, é incrível ver o resultado dessa interação. Para as próximas edições reuniremos outros dois grupos de 20 artistas cada para colorir mais 200 metros quadrados de murais nas vias da comunidade”, segundo conta. 

Segunda edição.

Essa é a 2ª edição do projeto, que conta com quatro etapas ao longo do ano. Ao todo ocorrem 80 novas intervenções artísticas na comunidade.  Acima de tudo, no final de 2023, um documentário vai mostrar para comunidade as ações realizadas. Por fim, a Galeria de Arte – Morro da Mariquinha é uma realização do Cidade Invisíveis, produção Street Art Tour. O Evento tem o apoio cultural: Cassol, Casas da Água, Jb3 e LK Design Hotel.

Apoio: Harmônica, Studio de Ideias, Tintas Coral, Contente Mkt Digital. Além de patrocínio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis, Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, Prefeitura Municipal de Florianópolis. 

WhatsApp chat