Ciclone bomba causa estragos em Santa Catarina.

Compartilhe

O temporal que atingiu o Estado de Santa Catarina nesta terça, (30), causou inúmeros estragos em diversas cidades. Foram casas destalhadas, árvores caídas, postes derrubados, além do mais, a falta de energia causada pelo fortes ventos que chegaram a 100 km/h, já atinge mais de 1,5 milhão de consumidores segundo a CELESC.

Diante disto, o corpo de bombeiros e defesa civil estão em alerta máximo, devido a previsão do tempo ainda alertar para a continuidade do mau tempo nas próximas horas, além do auxilio aos atingidos pela tempestade.

A tempestade foi resultado de deslocamento de um ciclone alinhado a uma frente fria.

Em Florianópolis a maioria dos bairros foram atingidos, inclusive com quedas de placas, árvores e fios elétricos. Em Balneário Camboriú limpadores de vidro que estavam fazendo limpeza em andaimes tiveram ajuda de moradores, que quebraram os vidros das janelas para salvar os trabalhadores.

Veja o vídeo no Twitter:

Diante da tempestade, ainda em Balneário Camboriú, moradores registraram a chegada da tempestade, além da explosão de transformadores e sem dúvida muito vento entre os prédios.

No oeste Catarinense, em Chapecó, onde o vento chegou a 108 km/h, uma senhora de 78 anos morreu devido a queda de uma árvore. Em Concórdia parte do terminal rodoviário foi destelhado, além de unidades de saúde. Xanxerê os ventos chegaram a 88 km/h.

Em Porto Belo uma concessionária foi parcialmente destruída.

Por fim, a previsão do Epagri/Ciram é que as próximas horas sejam de atenção com relação a novos temporais. Primeiramente, qualquer situação de risco ligue para o corpo de bombeiros no 193, assim como alerte a defesa civil. Portanto, evite ficar embaixo de árvores, ou lugares descampados.

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat