CEPON entrega área revitalizada do hospital aos catarinenses

Compartilhe

Reforma contou com o apoio financeiro do Fort Atacadista

Crédito das fotos: Paes e Lima Comunicação

Ambiente que chega a receber de 500 a 600 pessoas todos os dias, a recepção do Ambulatório do Centro de Pesquisas Oncológicas (CEPON), em Florianópolis, foi totalmente revitalizada para acomodar com mais conforto e segurança os pacientes que vêm de toda Santa Catarina para a unidade hospitalar. O novo espaço foi entregue nesta segunda-feira (04/10) à comunidade, com cerimônia que reuniu autoridades, a direção do CEPON e parceiros da iniciativa privada, como o Fort Atacadista, que apoiou financeiramente a instituição, viabilizando esta e outras reformas.

Nova recepção do ambulatório do CEPON, após a revitalização

Foram investidos cerca de R$ 176 mil reais na revitalização da recepção, que agora está totalmente climatizada, protegida com vidros, mais ampla e equipada de confortáveis sofás e poltronas. Do total do valor empregado na reforma, mais de R$ 90 mil foram provenientes de uma das etapas do projeto Troco Solidário do Fort Atacadista no ano de 2020, e o restante do valor foi arrecadado através de ações da AVOC, a Associação de Voluntários do CEPON, que eventualmente realiza bazares e brechós.

Placa de agradecimento ao Fort Atacadista pelo apoio ao CEPON

Outra quantia destinada pelo Fort à AVOC no início deste ano, um cheque no valor de R$ 131.489,09, ainda será empregada para novas reformas no hospital neste semestre; entre elas, “melhorias na enfermaria de quimioterapia e nos banheiros disponíveis ao público”, adianta a atual Presidente da AVOC, Cláudia de Barros Honorato. Este segundo valor foi doado pelo próprio Grupo Pereira, dono do Fort Atacadista, como parte das ações do programa “Troco em Dobro”.

nova recepção do ambulatório do CEPON, após a revitalização

A médica oncologista e diretora do hospital, Maria Tereza Schoeller, agradeceu o importante apoio da rede atacadista: “ficamos felizes e honrados por acreditarem no nosso trabalho e por contribuírem com o nosso desejo de oferecer mais conforto e mais dignidade aos pacientes, muitos deles vindos de tão longe”. De acordo com o diretor nacional de operações do Fort Atacadista, Gilberto Oliveira, “quem já teve parentes em tratamento no CEPON sabe da importância e seriedade do trabalho realizado por eles”, o que justifica o hospital ser uma das maiores referências do país em tratamento oncológico.

WhatsApp chat