CBMSC: Reforçada a sinalização em Canasvieiras.

Compartilhe

Devido afogamentos ocorridos na Praia de Canasvieiras, no norte da Ilha, em Florianópolis, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina reforçou sinalizações para prevenir afogamentos e reforçar a segurança dos banhistas. Foram colocadas boias apontando os pontos em que podem ocorrer uma mudança na profundidade bruscamente.

O CBMSC também instalou 40 placas de sinalização, posicionadas a cada 50 metros e reforçou a presença de guarda-vidas, com 9 por dia, além de três pranchas de stand up paddle e ainda cinco cadeirões – que são espaços elevados para o monitoramento do mar realizado pelos guarda-vidas. As ações foram feitas em conjunto com a Prefeitura Municipal de Florianópolis.

O comandante do 1º Batalhão de Bombeiros Militar, tenente coronel Diogo Losso, ressalta que a própria população pode contribuir para evitar acidentes. “As medidas adotadas visam manter a segurança dos banhistas que escolhem a praia para o lazer e descanso. “Canasvieiras continua sendo uma praia segura, e o banhista pode fazer a parte dele: respeitar as placas de sinalização, banhar-se antes das boias azuis, que delimitam exatamente onde ocorre o afundamento repentino, e atender às recomendações dos guarda-vidas”, reforça.

Dicas

É importante aos turistas que chegam nas praias buscarem informações, sobre profundidade, situação de ondas, ventos, onde pode entrar, que tipo de esporte pode praticar. O excesso de confiança, combinado com empolgação, consumo de alcool são um dos principais motivos que levam alguém a ter algum tipo de acidente na praia. O cuidado deve ser redobrado com crianças e idosos, principalmente nesta época, quando as praias estão sempre lotadas,

Informações Assessoria do CBMSC

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat