Campanha vai escolher nome de Jacaré em Florianópolis.

Compartilhe

Jacaré-do-papo-amarelo chegou em 2020 ao local, e agora faz companhia para Harolda, jacaré-fêmea que já habita o local. Escolha ocorre pelo Instagram da Prefeitura de Florianópolis.

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Floram, lança nesta quinta-feira uma campanha para escolher o nome do jacaré-do-papo-amarelo que habita o Parque Ecológico do Córrego Grande. O animal, que chegou ao local no ano passado, faz companhia para Harolda, já moradora do parque há alguns anos.

Harolda havia sido batizada de Haroldo pelos funcionários da Floram — que tem sua sede no parque — em homenagem a um dos colaboradores. No mesmo ano em que chegou no parque, Haroldo colocou 15 ovos, e então se descobriu que se tratava de um jacaré-fêmea. Haroldo, então, teve seu nome mudado para Harolda.

O novo nome do companheiro de Harolda será e feito através do Instagram da Prefeitura de Florianópolis. Nesta quinta-feira, uma publicação foi feita lançando a ideia, e as pessoas podem participar nos comentários, dando sugestões de nomes para o companheiro de Harolda. Sendo assim, na segunda-feira, as melhores ideias vão para votação por meio de uma enquete nos stories, que ficará disponível por 24h. Portanto, o nome mais votado será o escolhido.

Quer participar? Acesse o post no instagram e deixe sua sugestão nos comentários:

Então confira o Link do post: https://www.instagram.com/p/CR7TEuPsb9a/

A espécie

O jacaré-do-papo-amarelo tem seu habitat no sudeste da América do Sul, sendo que 70% da espécie está no leste do Brasil, principalmente no bioma da Mata Atlântica. Na maioria das vezes, estando em ecossistemas costeiros como mangues, pântanos, lagos, rios. Seu risco de extinção é menos preocupante, porém o monitoramento é necessário pelo aumento das cidades, que diminui seu habitat.

A presença dos jacarés em áreas como o Parque do Córrego reforça a importância da preservação de corredores ecológicos entre áreas de conservação e áreas verdes em centros urbanos. Tanto a Harolda quanto o novo jacaré vivem no parque porque entraram neste ambiente por conta de corredores nesta paisagem que trouxe a espécie.

A visita à Harolda bem como ao outro jacaré do Parque pode ser feita todos os dias, das 7h às 18h, respeitando, porém, os avisos no local, por se tratar de um animal silvestre. Por fim, o uso de máscaras dentro do Parque é obrigatório.

Parque Ecológico do Córrego Grande. Rua João Pio Duarte Silva 535, Córrego Grande.

WhatsApp chat